Confira os destaques da semana em duas rodas

Confira os destaques da semana em duas rodas
Divulgação
redutea
banner redutea
banner redutea

Novo tom

A S 1000 RR acaba de ganhar mais uma opção de cor no mercado brasileiro. Já disponível em prata metálico e tricolor motorsport, o recente lançamento da BMW Motorrad agora pode ser adquirido em preto metálico com detalhes em vermelho. Segundo a fabricante, a nova oferta cromática valoriza o estilo e a esportividade da categoria. “A nossa fábrica em Manaus nos permite trazer mais opções aos clientes e atender às demandas locais. Com essa nova cor, esperamos seguir no atendimento dos desejos do cliente brasileiro”, avisa Julian Mallea, diretor da BMW Motorrad no Brasil. A BMW S 1000 RR tem um motor de quatro cilindros com 207 cavalos a 13.500 rpm e 11,5 kgfm de torque máximo, com oferta superior a 10,2 kgfm, disponíveis de 5.500 a 14.500 rpm. Os modos de pilotagem disponíveis são quatro: “Rain”, “Road”, “Dynamic” e “Race”. Há ainda a opção “Modo Pro”, com configurações adicionais de pilotagem (Race Pro 1-3), recursos de controle de tração, limitador de pit-lane para controlar a velocidade e Shift Assistant Pro, permitindo fazer mudanças rápidas de marcha sem precisar acionar a embreagem.

Caminho de volta

Após ter falência decretada pela segunda vez em 2018, a fabricante norte-americana de motocicletas esportivas Buell Motorcycles anunciou seu retorno. O atual responsável pela marca fundada em 1983 por Erick Buell é Bill Melvin, um dos executivos que trataram da liquidação dos ativos da Buell quando a Harley-Davidson a tirou do mercado. A Buell anunciou que pretende lançar pelo menos dez novos modelos até 2024. Os planos da marca priorizam o lançamento de novas esportivas, mas modelos de outros segmentos também farão parte da nova fase da fabricante. Quatro dos novos modelos prometidos pela Buell já podem ser vistos em seu site: a esportiva 1190RX, a naked 1190SX, a maxitrail 1190 Super Touring e a off-road 1190HCR. Todas compartilharão o motor V-Twin de 1.190 cm³ de 185 cavalos, com diferenças nas regulagens, adaptadas às necessidades de cada modelo.

VOCÊ SABIA: O simples fato de empurrar a sua moto em vias públicas já constitui infração de trânsito?

Adrenalina elétrica

A Kawasaki lançou no mercado indiano uma nova moto elétrica esportiva chamada de Kabira KM 3000. É o primeiro modelo movido a baterias da linha Kabira, pensada para o país asiático. Com linhas que remetem à Kawasaki Ninja 300, a Kabira KM 3000 traz faróis duplos, banco bipartido e traseira alta. Outro destaque fica por conta do painel digital e colorido, com brilho da tela regulável, podendo ser conectado ao celular via Bluetooth. O motor elétrico de 3 kW de potência (quatro cavalos) funciona com baterias de íons de lítio de 4 kWh de capacidade. De acordo com a Kawasaki, a Kabira KM 3000 pode rodar até 120 quilômetros no modo econômico, 95 quilômetros no modo normal ou 60 quilômetros no esportivo. Sua velocidade máxima declarada é de 100 km/h, e recarrega totalmente as baterias em uma tomada convencional em seis horas e meia.

AS MELHORES OFERTAS DE MOTOS VOCÊ ENCONTRA NO JORNAL BALCÃO! 

Ladra de cena

A Harley-Davidson apresentou a nova Pan America 1250 e também a variante Pan America 1250 Special. Novo motor V-twin e muita eletrônica são os destaques da aventureira da marca de Milwalkee. Depois de muitos “teasers” e informações iniciais, acaba de apresentar ao mundo a aventureira Pan America 1250. Mas quem “roubou a cena” foi a versão premium denominada Pan America 1250 Special. Tanto a configuração base quanto a mais bem equipada contam com um novíssimo motor de dois cilindros em V, denominado de Revolution Max. Para reduzir o peso total da moto, o motor V-twin de refrigeração por líquido é agora parte integrante da estrutura do quadro. A Harley-Davidson afirma que consegue extrair 150 cavalos e 13 kgfm de torque máximo. O regime máximo de rotações é de 9.500 rpm, sendo que a taxa de compressão é de 13:1. A versão Special se diferencia da básica em itens como suspensão dianteira e traseira semiativas (com altura adaptativa), sistema de monitoramento dos pneus, barras de proteção da carenagem/motor, protetores de mãos e aquecimento das manoplas. Além disso, a versão Special tem suspensão semiativa Showa BFF na dianteira e Showa BFRC na traseira. Ambas chegam às lojas dos Estados Unidos em maio, com preços de US$ 17.319 (R$ 95 mil) para a Pan America 1250 e de US$ 19.999 (R$ 110 mil) para o modelo Special. A previsão é que sejam apresentadas no Brasil ainda este ano.

por Edmundo Dantas
AutoMotrix
Imagens: Divulgação

VEJA TAMBÉM

A nova MXF 250 TS traz novidades na linha 2021

Dicas para se pilotar uma motocicleta em condições climáticas adversas

Só Marcas Auto Shopping é o novo mega empreendimento na cidade de Contagem

Versão 1.0 turbo LT é a mais acessível com câmbio automático do Chevrolet Tracker

Na versão “top” Griffe do Peugeot 208, a modernidade do estilo e as tecnologias contrastam com o motor 1.6 16V Flex